projecto de arranjo e enquadramento de espaços exteriores de urbanização

local: Azurém , Guimarães

área:  18800 m2

data do projeto: 2019

data de conclusão de obra: em execução

arquitectura: moove arquitectos LDA

 

Projecto de Arranjo e Enquadramento Espaços Exteriores da Urbanização localizada em Azurém, Guimarães.

 

O presente projeto pretende reabilitar e enquadrar a área exterior, envolvente aos lotes e estacionamento, de forma a valorizar o espaço estética e ecologicamente, transformando a área num espaço verde qualificado, atrativo aos moradores.

A proposta pode dividir-se em 5 áreas distintas:

- áreas de enquadramento a vias automóveis e passeios pedonais, onde se optou pela colocação de árvores de folha caduca em caldeira forma a reduzir o impacto da via e dos automóveis, criando conforto visual e térmico, proporcionando sombra durante os meses mais quentes e permitindo a entrada de raios solares durante os meses mais frios. As colocações de canteiros de arbustos nestas áreas permitem a criação de uma escala mais humana e proporcionam cor durante os meses mais frios, quando as árvores perdem a sua folhagem;

 

- áreas de praça, onde se optou por conjugar áreas pavimentadas com áreas de arbustos, colocar bancos e árvores de pequeno porte, folha caduca e sombra leve, de forma a criar o espaço ideal para estadia permitindo e encorajando a boa convivência entre vizinhos e utilizadores do espaço em geral;

 

- áreas de passeio e recreio livre, onde se optou pela criação de percursos sinuosos que permitem deambular pelo lugar aproveitando a sombra das árvores e os pontos de vista agradáveis, um percurso mais directo e acessível que permite a ligação mais célere entre espaços proporcionando também um elemento de unificação e uma zona de clareira-orla que proporciona áreas de estadia qualificadas;

 

- áreas de enquadramento a via, onde se optou pela colocação de árvores que diminuam o impacto negativo do ruído e correntes de ar dominantes;

- áreas de enquadramento e corredor ecológico, onde se optou pelo uso de, arbustos, árvores de espécies existentes nas proximidades e prado, sendo este um espaço de enquadramento não acessível a utilizadores, por questões de segurança e permitindo assim o desenvolvimento de habitat para a fauna local.

 

plano de plantação         

 

plano de pavimentos

 

De forma a melhor enquadrar o espaço, procedeu-se ao levantamento das espécies existentes no local de intervenção e envolvente, no sentido de replicar os bons exemplos e remover as espécies infestantes.

Além da replicação das espécies vegetais já existentes na envolvente, foram escolhidas novas espécies vegetais dando preferência a espécies autóctones, espontâneas em Portugal e bem adaptadas as condições edafoclimáticas da região, permitindo a recuperação ecológica do local, o conforto dos utilizadores e a melhoria dos valores estéticos.

Na escolha das espécies arbustiva deu-se primazia a escolha de espécies autóctones ou espontâneas em Portugal, bem adaptadas as características edafoclimáticas do local e com valor estético.

@2017 por jag - arquitetura paisagista | Orgulhosamente criado com Wix.com

  • LinkedIn - Grey Circle
  • homify-logo
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - cinza Círculo
  • Pinterest - Grey Circle
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now